#Imposto de Renda
Uncategorized
Aprenda como declarar seu Imposto de Renda
21 de abril de 2022

Está chegando a hora de declarar o velho conhecido de muitos brasileiros: o leão do Imposto de Renda, que completa 100 anos em 2022.

E, este ano, temos algumas novidades para facilitar sua declaração de Pessoa Física como a alteração de prazo para o envio dos dados. Continue lendo e conheça nossas dicas importantes do passo a passo a ser seguido. 

 

Qual é o prazo para a entrega da declaração?

O período para declaração do Imposto de Renda foi prorrogado para o dia 31 de maio, às 23h59. 

 

Quem precisa declarar e quais os documentos necessários?

 

– Aqueles que receberam rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte em valor superior a 40 mil reais.

– Quem obteve, em qualquer mês, ganhos na venda de bens ou direitos sujeitos à incidência de Imposto de Renda.

– Os que realizaram operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas.

– Tiveram, no ano anterior, receita bruta em valor superior a 142.798,50 reais em atividade rural.

– Tinham, até o ano anterior, a posse ou a propriedade de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a 300 mil reais.

 

Quem não prestar contas à Receita Federal terá que pagar uma multa no valor mínimo de R$ 165,74. Esse valor pode ser elevado a até 20% do imposto total devido. Portanto, é preciso ficar atento às regras e prazos.

 

Para quem é MEI (Microempreendedor Individual), vale lembrar que são exercidos dois papéis para este perfil: o de empresário e o de cidadão.  Cada um deles envolve obrigações distintas, como a declaração de Imposto de Renda tanto para pessoa física como para pessoa jurídica.

Também existem pessoas isentas dessa declaração:

 

– Aposentados e pensionistas com mais de 65 anos de idade que tiveram uma renda mensal inferior a 3.807,96 reais no ano anterior à declaração.

– Pessoas portadoras de doenças graves, incluindo portadores de HIV, alienação mental, cardiopatia grave, cegueira, esclerose múltipla e outras 11 patologias descritas no site da Receita Federal.

– Pessoas com rendimentos relativos a aposentadoria, pensão ou reforma.

 

Na hora de realizar a declaração você precisará de uma lista de documentos essenciais. São eles: 

 

– Documentos pessoais: RG, CPF, título de eleitor e comprovante de residência;

– Cópia da declaração do IR do ano anterior: quem fez a declaração de Imposto de Renda no ano passado deve ter uma cópia do arquivo salva no computador ou uma versão impressa, que pode agilizar o novo preenchimento.

– CPF dos dependentes: quem possui dependentes legais deve informar o CPF, inclusive das crianças.

– Informe de rendimentos: documentos recebidos das fontes pagadoras (salário), agentes financeiros e corretora de valores, por exemplo. 

– Cópias de recibos e notas fiscais emitidas (autônomos).

– Extrato do INSS: aposentados podem acessar o extrato do INSS no Portal Meu INSS ou retirar o extrato nas agências do INSS, com agendamento prévio pela internet.

– Informe de pagamento de contribuições a entidades de previdência privada (e CNPJ da entidade).

– Comprovante de rendimento e pagamento de aluguéis: comprovantes ou recibos dos depósitos bancários.

– Recibos de procedimentos médicos e odontológicos (necessário o CNPJ da entidade).

– Comprovante de gastos com educação: despesas com escolas de ensino fundamental, médio, superior, pós-graduação ou técnico.

– Comprovantes de compra e venda de bens.

– Documentos referentes a rescisões trabalhistas com valores individualizados de salários, como férias, FGTS e 13º salário.

– Documentos de outros rendimentos do período, como pensão alimentícia, doações, heranças recebida no ano, dentre outras.

 

 

Selecionamos algumas informações importantes para você, associado Sicredi Recife; Confira:

 

– Você pode consultar seu informe de rendimentos nos canais digitais: WhatsApp, App Sicredi e Internet Banking.

– Financie ou antecipe o seu IR com prazo e taxas atrativas. Fale com a gente e solicite.

– Tem restituição disponível? Você pode utilizar sua conta-poupança para receber esse valor.

Quer mais orientações para utilizar a restituição do Imposto de Renda e melhorar a sua saúde financeira? Entre em contato com a gente pelos nossos pelo nosso WhatsApp (51) 3358 4770, nas nossas agências ou diretamente com o seu gerente.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comentários

Este texto possui 0 comentário(s)